Home » Destaques » Só no Senhor: força e vitória

Só no Senhor: força e vitória


Administrador A.O. | 9 dezembro, 2013

COMPARTILHE ESTA PAGINA


Diga ao Senhor hoje: Senhor, que Sua Palavra possa me ferir, porque só um coração ferido, pela Palavra de Deus, é capaz de suportar as feridas da vida! Que o Senhor fira o seu coração com Sua Palavra santa!

“Não falei em segredo, nem em lugar algum escuro da terra; não disse à descendência de Jacó: Buscai-me em vão; eu sou o Senhor, que falo a justiça, e anuncio coisas retas.
Congregai-vos, e vinde; chegai-vos juntos, os que escapastes das nações; nada sabem os que conduzem em procissão as suas imagens de escultura, feitas de madeira, e rogam a um deus que não pode salvar.
Anunciai, e chegai-vos, e tomai conselho todos juntos; quem fez ouvir isto desde a antiguidade? Quem desde então o anunciou? Porventura não sou eu, o Senhor? Pois não há outro Deus senão eu; Deus justo e Salvador não há além de mim.

Olhai para mim, e sereis salvos, vós, todos os termos da terra; porque eu sou Deus, e não há outro.
Por mim mesmo tenho jurado, já saiu da minha boca a palavra de justiça, e não tornará atrás; que diante de mim se dobrará todo o joelho, e por mim jurará toda a língua.
De mim se dirá: Deveras no Senhor há justiça e força; até ele virão, mas serão envergonhados todos os que se indignarem contra ele.
Mas no Senhor será justificada, e se gloriará toda a descendência de Israel” (Isaías 45,19-25).

É no Senhor que encontraremos a força e vitória. Mesmo em meio ao sofrimento, podemos agradecer a Deus. É possível proclamar a vitória mesmo quando a dor se instalar sobre nossa vida.

Toda experiência com Deus se passa quando damos um novo sentido à nossa vida. O que nos converte não é o resultado que encontramos na vida, mas a busca deste Deus, que se revela a nós a cada dia. Cuidado para você não buscar a Deus no lugar errado, são muitos aqueles que estão pregando em nome de Deus.

A imagem não pode ser lugar de adoração, mas sim lugar de devoção. Nós não podemos conduzir o povo a um “deus de madeira”. E o que é um “deus de madeira”? É uma religião que prega a prosperidade, que prega que sua salvação está em pagar o dízimo. No entanto, a salvação não se compra, pois é dom de Deus. De nada adianta você dar o dinheiro e se esquecer de dar o seu coração ao Senhor.

Não importa o que Deus fez em minha vida, e não é porque Ele fez ou não fez algo na minha vida que Ele é Deus. A ação do Senhor, em nós, é levar-nos à liberdade. A espiritualidade é muito mais do que práticas religiosas; ela acontece quando você começa a sentir no coração a libertação de algo que o estava aprisionando. Ser livre não é fácil, mas é preciso ter a liberdade interior.

Jesus dizia que só a verdade pode nos libertar. Se não fizermos uma experiência com Deus, com o Cristo Ressuscitado, o encontro com Deus não acontecerá quando dermos o nosso dinheiro, mas sim quando dobrarmos o joelho e, junto com isso, dobrarmos o orgulho.

Quando Deus acontece verdadeiramente na nossa vida encontramos a liberdade. Eu não falo da liberdade de ir e vir, eu falo da liberdade interior. Só o ser livre é capaz de amar o outro do jeito ele que é, sem liberdade vamos aprisionar o outro na nossa expectativa; sem a liberdade seremos ciumentos.

Só os livres são capazes de ver as desgraças da vida e não culparem a Deus por isso.

A santidade não passa pelo que temos, mas só pelo que Deus pode nos dar. Jesus revolucionou o mundo, Ele olhava nos olhos da prostituta e não via a prostituta, mas sim a mulher. O Senhor olha o coração e não os rótulos.

O Senhor vai lhe perguntar: “Você é livre do dinheiro que você tem?” Até a comida, não somos livres para comer sem moderação. Não dizemos: “Vou cuidar de mim e da minha saúde, vou me alimentar bem”?

Quantas famílias estão sendo destruídas pelo álcool, porque os nossos pais não são livres diante da vodka, não são livres diante da cerveja!

Precisamos ser livres com relação à nossa castidade também, e isso não é simplesmente porque o Papa pediu. Não! É porque seu corpo é território santo. O Cristianismo quer cuidar da sua liberdade interior. Proclame a vitória de Deus em sua vida. Permita que o Senhor apague o cigarro e acenda a luz do Espírito Santo, para que nasça em seu coração o desejo de ser melhor.

Padre Fábio de Melo

Deixe um comentário

Current month ye@r day *