ALPHA E OMEGA
 
 
     
 

Home » Baluartes » Santa Teresinha

Santa Teresinha


sergioluiz | 14 junho, 2012

COMPARTILHE ESTA PAGINA


Santa Teresinha do Menino Jesus, Carmelita Descalça, nasceu em 1873 e morreu com 24 anos em 30 de setembro de 1897.

O tempo que Deus confiou a Santa Teresinha foi vivido de forma simples e intensamente. Dos nove filhos que tiveram, dois eram meninos e morreram ainda crianças. Sobreviveram cinco filhas. Todas entraram para a vida religiosa, acabando assim a descendência direta da família Martin.

Teresa nasceu em 2 de janeiro de 1873. O fato marcante da infância de Teresinha é a morte da mãe. Ela tem 4 anos e meio e não se lembra de tudo. Mas não consegue esquecer o último beijo que deu no rosto da mãe morta. é uma experiência que poder-se-ia chamar de trágica, e deixa seqüelas em sua vida. Madre Inês é sua própria irmã Paulina. Sabe captar a importância e riqueza de sua irmãzinha.

Por isso lhe ordenará escrever as lembranças de sua infância. Celina, quando ingressa no Carmelo, leva consigo toda a parafernália de uma máquina fotográfica da época e transforma-se em ótima fotógrafa que, com a licença da austera Madre Maria Gonzaga, pode bater fotos à vontade – algo inexplicável até hoje para muitos Carmelos, mas são os segredo que Deus não revela a ninguém.

Os últimos 5 meses da vida de Santa Teresinha, maio-setembro de 1897, foram marcados pelas últimas palavras que pronunciava, as respostas que dava a quem lhe perguntava algo. Tudo foi fielmente documentado pela ágil e fiel caneta de Madre Inês, até que, na noite de 30 de setembro, às 19 horas e 20 minutos, Teresinha morreu fazendo sua profissão de fé que tinha repetido durante toda sua vida:

“Meu Deus, eu vos amo… eu vos amo”.

Deixe um comentário